Agora
Agora
Agora
Agora
Agora
Agora
Agora
Menu

Blake Aldridge

Reino Unido

Blake Aldridge

Reino Unido

Se quer saber o que é ser competitive, basta olhar para Blake Aldridge – o finalist dos Jogos Olímpicos de 2008 teve de ultrapassar várias lesões e imprevistos na carreira, mas nunca desistiu. Esta mentalidade foi responsável pela forte temporada que realizou em 2017, quando conseguiu um Segundo lugar na primeira etapa, na Irlanda, conseguiu a segunda vitória da carreira na World Series e conseguiu um sólido terceiro lugar na classificação geral.

Aos 35 anos, o antigo campeão do Mundo que foi o parceiro de Tom Daley nos Jogos Olímpicos de Pequim fez o primeiro salto de 27 metros, e desde junho de 2011 em La Rochelle não parou de procurar mais. Pescador apaixonado, foi responsável pela introdução de dois dos mergulhos mais difíceis deste desporto: o salto de pino invertido, com quatro piruetas; e o encarpado invertido com cinco piruetas, prova de que nasceu para esta disciplina.

"Continuo a aprender novos mergulhos, por isso não consigo relaxar e ser consistente. Preciso de fazer mergulhos novos", explica o britânico, que está muito consciente da evolução do desporto: "Ganhar um evento, ou apenas chegar a um pódio hoje em dia é um verdadeiro luxo". Certo é que Blake vai fazer todos os possíveis para fazer deste o melhor ano de sempre.